Agenda

30/Nov

LH2 – Edição de 2 Anos

Sábado, Dia 30 de Novembro, Mês da Consciência Negra acontece na Arena Carioca Dicró a 7ª edição do LH2 – Leopoldina Hip Hop.
O evento que iniciou as atividades em Novembro de 2017, chega ao seu 2º aniversário celebrando a Cultura Hip Hop e seus elementos na Penha, Zona Norte do Rio.

PEGA VISÃO DO LINE UP::

DJs
Tikana
Thiéres
DJpirigo

BATALHA DE BBOYS E BGIRLS
COM BR Ninjas

SHOWS:
Deroma
Ikinya
REAL UNDERGROUND
Nochica
CJ Notkind
Controvérsiazn
Pilso
Caoz
#LiberdadeGTA

Mestre de Cerimônia
Dom Negrone

SERÁ HISTÓRICO!

LH2 – 2 Anos
Dia 30 de Novembro às 14h
Local: Arena Carioca Dicró
(Av. Brás de Pina, s/n Parque Ary Barroso – Penha Circular. Entrada pela Rua Flora Lobo)
Entrada Gratuita

Confirme presença no evento: https://www.facebook.com/events/792972171147680/

29/Nov

No próximo dia 29 às 16h acontece o CineBela, encontro entre amantes da sétima arte, cineastas e curiosos que querem entender o que se passa na telona. Nesta edição acontecerá uma exibição de curtas da cineasta Rosa Miranda,com destaque o filme Lua.

Realizado em novembro de 2017, durante o Festival 72 horas, de forma totalmente independente, com a ajuda de alguns apoiadores locais, o documentário onírico Lua, narra sobre as vivências de infância e o momento de sua transição de gênero de Lua Guerreiro, trans, não binária que se expressa pelo que é considerado feminino. Após as exibições acontece debate com a cineasta mediado por Clementino Junior.

O CineBela acontece toda última sexta-feira do mês e desde setembro é realizado com apoio do Sesc Ramos e da Oficina de Cinema Negro do cineasta Clementino Júnior.

Serviço
CineBela apresenta Lua
Sábado, dia 29 de novembro às 16h
Local: Galpão Bela Maré
(Rua Bittencourt Sampaio, 169 – Maré. Próximo a Passarela 10 da Av.Brasil)

Confirme presença no link: https://www.facebook.com/events/2440059866237307/

28/Nov

No próximo dia 28 de novembro, a partir das 14h, o Observatório de Favelas, em parceria com o Fórum Grita Baixada, Rede de Mães e Familiares de Vítimas da Violência de Estado da Baixada Fluminense e Casa de las Estratégias de Medellín, com o apoio  da Open Society Foundations, realiza o Lançamento da Pesquisa: “Tecendo Memórias – Homicídios de Adolescentes e Jovens no Rio de Janeiro”. A publicação é resultado de um trabalho sobre homicídios de adolescentes e jovens no estado do Rio de Janeiro realizado a partir de diálogos estabelecidos com mães, familiares e amigos de jovens vítimas de violência letal. 

São abordadas diferentes dinâmicas de homicídios que colocam em evidência questões raciais, de gênero, sexualidade, etárias e territoriais envolvidas na produção da violência letal, bem como a atuação do Estado neste processo. Além das trajetórias dxs jovens, também se destacam as experiências dos familiares e amigos em três dimensões: redes de solidariedade social, ação do Estado e rituais de memória. 

O projeto buscou contribuir para dar visibilidade a casos de homicídios de adolescentes e jovens, enfatizando especialmente memórias que familiares e amigos têm das vítimas, priorizando aspectos característicos de cada trajetória, práticas, expectativas e sonhos que os jovens possuíam antes de sofrer o homicídio. Nesta perspectiva, além da pesquisa, o trabalho também envolveu a produção de intervenções artísticas e de narrativas jornalísticas sensíveis sobre os temas pesquisados reforçando a desnaturalização dessas mortes, o direito à memória e a potência destas trajetórias interrompidas, com o objetivo de contribuir com a luta por memória, verdade e justiça travada cotidianamente pelos familiares de vítimas da violência. 

PROGRAMAÇÃO

Abertura – Observatório de Favelas de Favelas e Open Society Foundations

14h – Apresentação da Pesquisa “Tecendo Memórias – Homicídios de Adolescentes e Jovens no estado do Rio de Janeiro” 
– Observatório de Favelas
– Rede de Mães e Familiares Vítimas da Violência de Estado da Baixada Fluminense
– Fórum Grita Baixada

16h – Experiências de enfrentamento da violência letal
–  Mônica Cunha –  Movimento Moleque
–  Marcelle Decothé  – Fórum de Juventudes do Rio de Janeiro
–  Thiago de Holanda – Comitê de Prevenção de Homicídios na Adolescência do Ceará
–  Camila Uribe – Casa de las Estrategias de Medellín 

Realização: Observatório de Favelas
Parceria: Fórum Grita Baixada; Rede de Mães e Familiares Vítimas da Violência de Estado da Baixada Fluminense; Casa de las Estrategias 

Apoio: Open Society Foundations 
Mais informações no evento: http://bit.ly/tecendomemorias

22/Nov

No dia 22 de novembro de 2019, às 17h30 no Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA – Maré) o Fórum Basta de Violência Outra Maré é Possível exibirá o filme Relatos do Front seguida de debate com:

Mônica Cunha (Movimento Moleque e Coordenadora da Comissão de Direitos Humanos da ALERJ)

Antonio da Silva Neto (Pai de Marielle Franco)

Arthur Viana (Redes da Maré)

Flávia Cândido (Fórum Basta de Violência!)

Aline Maia (Observatório de Favelas)

Associação Juízes para a Democracia

Ao final do encontro será entregue uma premiação para Marielle Franco, por sua luta e memória como defensora dos Direitos Humanos.

Confirme presença no evento: https://www.facebook.com/events/1350257855148498/

participe de nossas redes sociais

Siga a gente no Twitter

Receba nosso boletim

Receba o premiado boletim do Observatório de Notícias e Análises.

Endereços e Direções

Rua Teixeira Ribeiro, 535, Maré
Rio de Janeiro – RJ
Cep: 21044-251  /  Mapa Mapa

Telefones:

55 (21) 3888-3220

Ou envie-nos um email

projetos