No próximo dia 28 de novembro, a partir das 14h, o Observatório de Favelas, em parceria com o Fórum Grita Baixada, Rede de Mães e Familiares de Vítimas da Violência de Estado da Baixada Fluminense e Casa de las Estratégias de Medellín, com o apoio  da Open Society Foundations, realiza o Lançamento da Pesquisa: “Tecendo Memórias – Homicídios de Adolescentes e Jovens no Rio de Janeiro”. A publicação é resultado de um trabalho sobre homicídios de adolescentes e jovens no estado do Rio de Janeiro realizado a partir de diálogos estabelecidos com mães, familiares e amigos de jovens vítimas de violência letal. 

São abordadas diferentes dinâmicas de homicídios que colocam em evidência questões raciais, de gênero, sexualidade, etárias e territoriais envolvidas na produção da violência letal, bem como a atuação do Estado neste processo. Além das trajetórias dxs jovens, também se destacam as experiências dos familiares e amigos em três dimensões: redes de solidariedade social, ação do Estado e rituais de memória. 

O projeto buscou contribuir para dar visibilidade a casos de homicídios de adolescentes e jovens, enfatizando especialmente memórias que familiares e amigos têm das vítimas, priorizando aspectos característicos de cada trajetória, práticas, expectativas e sonhos que os jovens possuíam antes de sofrer o homicídio. Nesta perspectiva, além da pesquisa, o trabalho também envolveu a produção de intervenções artísticas e de narrativas jornalísticas sensíveis sobre os temas pesquisados reforçando a desnaturalização dessas mortes, o direito à memória e a potência destas trajetórias interrompidas, com o objetivo de contribuir com a luta por memória, verdade e justiça travada cotidianamente pelos familiares de vítimas da violência. 

Acesse a pesquisa na íntegra AQUI.

PROGRAMAÇÃO

Abertura – Observatório de Favelas de Favelas e Open Society Foundations

14h – Apresentação da Pesquisa “Tecendo Memórias – Homicídios de Adolescentes e Jovens no estado do Rio de Janeiro” 
– Observatório de Favelas
– Rede de Mães e Familiares Vítimas da Violência de Estado da Baixada Fluminense
– Fórum Grita Baixada

16h – Experiências de enfrentamento da violência letal
–  Mônica Cunha –  Movimento Moleque
–  Marcelle Decothé  – Fórum de Juventudes do Rio de Janeiro
–  Thiago de Holanda – Comitê de Prevenção de Homicídios na Adolescência do Ceará
–  Camila Uribe – Casa de las Estrategias de Medellín 

Realização: Observatório de Favelas
Parceria: Fórum Grita Baixada; Rede de Mães e Familiares Vítimas da Violência de Estado da Baixada Fluminense; Casa de las Estrategias 

Apoio: Open Society Foundations 
Mais informações no evento: http://bit.ly/tecendomemorias