Fórum Basta de Violência! Outra Maré é possível

O Fórum Basta de Violência! Outra Maré é possível…” é uma articulação dos moradores, das Associações de Moradores, instituições públicas e não governamentais do território e outros atores estratégicos. Esses atores se reúnem mensalmente para debater caminhos que a curto, médio e longo prazo leve ao direito à Segurança Pública nas 16 favelas do bairro. O trabalho do Fórum se inicia com o acirramento do contexto de violência na Maré, marcado pelo aumento dos confrontos armados entre agentes de Segurança Pública e grupos criminosos armados, e destes entre si.

Democracia como Resposta à Violência Latino-Americana

Este projeto busca sistematizar, analisar e difundir conceitos e metodologias que tenham potencial para contribuir no enfrentamento das altas taxas de homicídio nos países da América Latina. Para este fim, estamos realizando um mapeamento de experiências de organizações da sociedade civil da América Latina que desenvolvam ações de mobilização ou campanhas com foco na redução da violência e no direito à vida.

Culturas de Periferia

Culturas de Periferia é um projeto que abriga ações de formação, intervenção artística e pesquisa cultural nos bairros de Santa Cruz, Bangu e Campo Grande, localizados na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. Estes bairros são, assim como a Zona Oeste, pouco conhecidos em sua diversidade artística e cultural, e geralmente considerados como espaços de carência material e simbólica.

Onlaje

OnLaje é plataforma virtual criada na ESPOCC – Escola Popular de Comunicação Crítica do Observatório de Favelas.

Estações Musicais da Leopoldina

A produção musical dos subúrbios possui uma imensa tradição na cena cultural carioca. Revisitar e atualizar esta produção para torná-la uma memória social da cidade define o objeto da proposta do Projeto em destaque. Os recortes serão as cenas musicais dos bairros que, no passado recente, compunham o Subúrbio da Leopoldina. E, partir destas estações, recolheremos tradições da paisagem musical, assim como da produção recente, notadamente de novas gerações de compositores e músicos. A partir dos inventários propostos serão criados dispositivos digitais para audição e pesquisa. Pretende-se, ainda, com o trabalho em rede colaborativa de realizadores culturais, realizar um conjunto de perfomances públicas em Estações Ferroviárias, Lonas Culturais e Arenas Cariocas, para operar uma virada de significado dos Subúrbios na cena cultural carioca.

Residência Artística – Teatro da Laje

A residência do grupo Teatro da Laje propõe desenvolver uma incubação artística e cultural na Arena Carioca Dicró no período de um ano com 12 atores bolsistas.

Formação em Inteligência Sócio Criativa: Territórios Compreendedores

O curso de Formação em Inteligência Sócio Criativa é baseado em práticas e técnicas de pesquisa participativa. O projeto é focado em viabilizar empreendimentos comunitários sustentáveis, buscando desenvolver a capacidade analítica e realizadora dos participantes, permitindo que eles possam atuar de forma articulada em um território comum.

Oeste Carioca

O projeto “Oeste Carioca” tem como proposta principal a construção de um Guia Turístico da Zona Oeste, que será disponibilizado em diferentes formatos. A idéia é fortalecer os espaços culturais e museológicos dessa região da cidade, contribuindo para a criação de novas redes que articulem novos programas e projetos de desenvolvimento local e de valorização dos saberes e fazeres cotidianos.

Do chão da Maré às Nuvens

Trata-se de um espaço de experimentação em cultura digital a partir de um curso de iniciação em fotografia, vídeo e mídias digitais. A ideia é potencializar o repertório de adolescentes contribuindo para a reflexão em torno da sua realidade, na Maré e nas escolas, e apresentá-la por meio das mídias digitais.