“Cadê seu cartão de vacina?” Conteúdo busca relembrar a relação que o povo brasileiro tem construída com a vacinação
Ouça o áudio da campanha “Como se proteger do coronavírus”

Rio de Janeiro –  Diante da realidade das regiões periféricas do país, o Observatório de Favelas, organização da sociedade civil com atuação nacional, lança, na próxima quarta-feira (10), a segunda fase da campanha “Como se proteger do coronavírus”. Nesta etapa, a campanha – que está no ar desde março de 2020 – tem como objetivo central informar moradores de favelas e periferias sobre a vacina e afirmar a importância da vacinação e do pacto coletivo de cuidado. O lançamento busca fortalecer também as ações do Dia Estadual de Mobilização para Enfrentamento da COVID19 nas Favelas do Rio de Janeiro.

Ao longo de 2020, foram produzidos conteúdos para serem veiculados via whatsapp e redes sociais (facebook, instagram e twitter), a partir de diálogos com especialistas, sempre com dicas de proteção e cuidado para moradores de favelas e periferias no contexto da pandemia. Como desdobramento da campanha, o Observatório de Favelas lançou ainda em 2020 a cartilha “Como se proteger do coronavírus”, em formato virtual e impresso, e um pack de figurinhas para o whatsapp. Toda a campanha está disponível para download e um repositório no site do Observatório de Favelas. Acesse em http://of.org.br/como-se-proteger-do-coronavirus/.

“Convidamos especialistas para pensarmos juntos formas e soluções para que efetivamente as pessoas que moram em territórios favelados possam se proteger. Ou seja, não é apenas denunciar que nas favelas não têm saneamento básico, é pensar um passo à frente disso. Como nesse cenário podemos contribuir para que moradores de favelas e periferias de alguma forma se protejam? Porque consideramos que é nosso papel articular esse tipo de solução. Passar do lugar da constatação e avançar no sentido de pensar soluções”, explica Isabela Souza, diretora do Observatório de Favelas.

A segunda fase da campanha será possível, graças ao convite da Fiocruz de que o Observatório de Favelas, junto com outras iniciativas entendidas com potencial educativo, estendesse suas ações. Neste sentido, de fevereiro a maio, o Observatório de Favelas produzirá conteúdos com foco em informar moradores de favelas e periferias sobre a importância da vacinação. Para este momento, está prevista a produção de peças gráficas, áudios e textos e duas edições do podcast da Organização, o FavelaPOD. Além disso, entendendo que as dificuldades de acesso à internet que moradores de periferias enfrentam, a campanha também seguirá distribuindo a cartilha impressa em territórios populares.

A campanha “Como se Proteger do Coronavírus” é uma realização do Observatório de Favelas, feito com o apoio da Fiocruz – Fundação Oswaldo Cruz (@oficialfiocruz) e em parceria com o projeto de extensão Saberes em Saúde (@saberesemsaudeufrj), da UFRJ, e com A Madre Produtora (@amadreprodutora). 

Dia Estadual de Mobilização para Enfrentamento da COVID19 nas Favelas do Rio de Janeiro

O dia 10 de fevereiro também marca o Dia Estadual de Mobilização para Enfrentamento da COVID19 nas Favelas do Rio de Janeiro que tem como objetivo fomentar ações de Informação, Articulação e Vigilância em saúde de base territorial visando o enfrentamento da Covid-19, seus efeitos e impactos nas favelas do Rio de Janeiro. Acesse o “Chamado à Ação” na íntegra AQUI.

SERVIÇO 
Lançamento Segunda fase da campanha “Como Se Proteger do Coronavirus” 
Local: On-line (Whatsapp e Redes Sociais) 
E-mail: comunicacao@observatoriodefavelas.org.br 
Acesse o repositório da campanha em http://of.org.br/como-se-proteger-do-coronavirus
Instagram: @defavelas

Realização: Observatório de Favelas
Apoio: Fiocruz – Fundação Oswaldo Cruz
Parceria:  Projeto de extensão Saberes em Saúde da Escola de Enfermagem Anna Nery –  UFRJ e A Madre Produtora.